domingo, 14 de junho de 2009

Farol de Montedor



Durante um passeio de domingo fui parar ao Farol de Montedor, situado no promontório do mesmo nome, na freguesia de Carreço, Viana do Castelo.
Estava com o Humberto e ficamos ali a olhar para a construção. Como a curiosidade era maior, batemos à porta e atendeu-nos o faroleiro. Depois da troca de meia dúzia de palavras, o senhor convidou-nos a entrar e a conhecer todo o edifício.
Ficamos a saber que foi edificado em 1910, reformado e actualizado em 1947, mas o planeamento da sua construção é já do século XVIII, por ordem do marquês de Pombal, que chegou a emitir o respectivo alvará em 1758.
A torrinha envidraçada onde se situam os equipamentos ópticos (sendo um dos pouquíssimos faróis nacionais com o equipamento óptico original), fica a 103 metros de altura, de onde se tem uma vista deslumbrante. O feixe luminoso é visível a cerca de 41 km de distância. No caso de falta de luz ou se a lâmpada do farol fundir, existe um sistema autónomo que entra imediatamente em funcionamento, para produzir energia ou fazer a substituição automática da lâmpada. Em caso de falha, o sistema passa a funcionar manualmente, onde uns pêndulos em pedra mantêm a rotação do feixe luminoso a uma velocidade correcta e de precisão milimétrica.
Os poucos faroleiros existentes no país têm de fazer a manutenção dos faróis. Este encontra-se num impecável estado de limpeza e conservação. O corrimão das escadas de acesso ao topo da torre brilhava.
A foto foi tirada ao interior da torre a partir da base.

1 comentário:

jorge humberto disse...

Foi sem dúvida um passeio agradavel, mas mais agradavel foi conhecer por dentro o farol. Com esta visita enriqueci muito os meus conhecimentos. Obrigado Amigo...